A JOVEM ISRAELITA NO CAFÉ.




Chamou-me atenção a jovem que chegou no café com uma touca marron, provavelmente de camurça marron. De longe, não dava para ver detalhes, mas percebi que se tratava de uma jovem com todas as características de descendência israelita. Ela telefonava pelo Iphone e sorria muito. Não demorou e logo chegou ao local, um casal que me pareceram donos de alguma loja no shopping. O homem parecia, meio desanimado e a mulher que o acompanhava, concordava com ele.
Então, imaginei que a jovem eu vi, talvez fosse ligada à alguma grife feminina, pois ela tinha perfil de ex-modelo internacional. Ela ouvia, argumentava e continuavam o papo , que me pareceu sobre negócios...
Ora, isto é comum, nos cafés do shopping e eu já falei sobre o assunto em crônica, há tempos!
Assisti, muitos donos de loja, que constrangidos por contadores de fornecedoras, apresentavam cálculos de juros sobre mercadorias não pagas...
Os tempos são nefastos para qualquer comércio,especialmente agora, quando governo- Dilma- Lula conseguiram a façanha de esvaziar os cofres nacionais e deixando o funcionalismo em geral, seja federal, do Estado ou Municipal, no maior sufoco, em face dos descontos legais, ilegais e extorsivos sobre os salários, deixando o poder aquisitivo pela metade, além de uma inflação que o Governo costuma mascarar, divulgando que ela está baixando, mas, na verdade, os alimentos estão numa elevação incontrolável, sendo que artigos vitais para uma boa saúde, estão com preços que se elevam a cada dia... especialmente frutas e verduras. O que sobra para comprar algo? Os filhos de funcionários que cursavam escolas particulares tiveram de passar para escolas públicas, sob o temor que impera na rede pública de ensino: a violência, as drogas etc. a cada dia mais violentas.
Falo em funcionários públicos é porque há mais de 50 anos sei, dito por proprietários de lojas, que eles eram os melhores clientes que tinham...
Então, o comércio está em situação quase insustentável! Sem poder pagar as mercadorias compradas das pequenas ou grande industrias do vestuário.
Bem, a nova mudança de governo traz novas esperanças, mas à médio e longo prazo, tal o descalabro das contas públicas encontrados.
Bem, voltando ao quadro que presumi estar acontecendo, entre a jovem e o casal, no café, me remete ao espanto de que os shoppings não têm salas para lojistas e seus fornecedores !
Por que, constranger lojistas às situações tão vexatórias?

Voltar